sábado, 25 de abril de 2009

Acorda não, menina! Levanta não, menino!

Essa é pra você, amigo que não faz nada de manhã...
Que acorda todos os dias com aquela sensação que seu dia vai ser bom, que Deus preparou uma surpresa esplêndida pra sua vida ... e tem todos os seus sonhos destruídos por Ana Maria Braga!
Sim, nossa mais nova Sexagenária resolveu mostrar que você, mulher, não deve ter vergonha de se expor, e pra provar isso AMB resolveu mostrar exatamente o que NÃO fazer!
Ela se fantasiou de Madonna, na capa da Vanity Fair!
Que lindinha, que bonitinha, que ordinariazinha!
A única diferença é que Madonna agarra o mundo na capa da revista.
NáMaria agarra as geladeiras Brastemp, que economizam até 45% da sua energia, dona de casa !Com certeza, essa imagem foi a manteiga no topo do seu brioche!
E dessa forma NáMaria mostrou que você, caro leitor, só
"tem 4 minutos pra fritar um ovo" ! tic tac tic tac tic tac !

DireSSão

As vezes você tem a sensação de que quanto mais você tenta subir na vida, mais pra baixo você vai ?
Você tem a sensação de que as pessoas estão indo contra você ??
Não se desespere, não entre em depressão.

Você pode ser apenas uma loira no outro sentido da escada rolante.

OMG! Bee Desde Criança!

Se você olha para o menininho da foto abaixo, assim, só ele ...
Você acha estranho ?Maaaaas, tudo muda de perspectiva quando se olha a foto completa...Advinha quem vai seguir os passinhos da mamãe?? Se viciando em Starbucks com Redbull ?? Advinha quem vai ser flagrado com um Brazilian Hunk quando tiver 16 aninhos?? É minha gente, esse é o futuro do mundo POP!

[...]

Falando em Britney Spears...
No último show dela em Oakland (enquanto mexia suas mãos e dublava uma música), Brit foi vítima de seu dançarino. Antes de içarem ela palco acima em Touch Of My Hand, o nojentinho dá uma segurada no 'aprique' da muié e deixa um pedaço do megahair em cima do Divã.


Resta saber se os gemidos foram reais durante o resto da apresentação, porque do jeito que foi arrancado, deve ter doído !

Marry Christimas a todos!

terça-feira, 21 de abril de 2009

Sou Pirata?

Estou baixando vários vídeos da internet, e acho certo!
Enquanto disponibilizarem downloads eu vou baixar!
E que se dane a Lei Eduardo Azeredo! Esse cara só criou essa lei porque ele tinha internet discada e sempre precisou de pagar para ir ao cine...
Desabafo feito!

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Diário de Viagem - 3º Dia...

...e último.
Dormi até tarde. Essa noite os pernilongos fizeram a festa.
Quando acordei, Leo e Aliny já estavam arrumando para irmos "de volta para a minha terra".
Tomamos café, que estava pregando de doce. Não poderia ir embora sem ao menos pegar nenhum mimo, então fomos rumo ao pé de abacate e deixamos ele sem nenhum fruto - só os podres e os que estavam com buraco de bicho.
Enchemos o carro de abacate (vou testar a receita de guaca mole com um deles, será que fica bom?). Direcionamos para a casa da vó da Aliny que fica na rua - ou estrada de barro, como preferir - abaixo. A vó dela tem vários coqueiros na casa, e todos bem carregadinhos. Não pensamos muito e pegamos coco também! Ela nos deu também muda de coqueiro - talvez no sentido: tenham o seus e deixem o meu quieto.
Eu peguei a muda de coco-anão verde e a Aliny pegou a de coco amarelo - o que eu queria.
Leo abasteceu o carro e logo nos dirigimos a estrada. Muitos caminhos extensos nela, dava até medo quando eles passavam por perto.
Paramos em um self service Crystal - com Y para ficar mais atrativo - e comemos muitooo, a comida estava muito boa, mas estava fria. Na mesa, vimos uma iguaria da região: era uma garrafa de cachaça que se chamava Nabundinha. Nas outras mesas tinham também, porém com nomes de Atrás do Saco e Sumiço de Sogra. Fui forçado a perguntar a vendedora quanto custava Nabundinha, ela riu e falou que era R$4,00. Me recusei a comprar, mas o Leo não perdeu tempo e comprou. A garçonete-ninfa fez por R$3,00.
Voltamos a estrada. A viagem foi muito longa, pois pegamos uma grande parte do trecho congestionado! Tivemos 2 horas de atraso só por conta do engarrafamento. No meio dele vimos vários acidentes. Um deles era de um caminhão de frango. Eu e Aliny queriamos saquear junto com os moradores locais, ainda mais porque o preço do frango está um absurdo! O Leo reprovou nossa atitude e falamos: "ainda bem que não somos nós que pagamos pelo frango dentro de casa!". Acho que o bolso dele pensou um pouco, mas já era tarde demais.
Vários policiais estavam fazendo ronda na estrada, muitas canetadas foram dadas.
No trecho de Santa Luzia o trânsito já fluia bem e o Leo ligou o Modo Voo do carro. Voamos pela estrada literalmente!
Ele me deixou em casa e fui abrir meu ovo de páscoa. Estava com saudades de chocolate!
Assim acabou minha viagem.
Ri muito e descansei bastante!
E a próxima, onde será?!
Aceito sugestões de viagem!

terça-feira, 14 de abril de 2009

A Onda do Twitter

Todo mundo agora tem Twitter, e eu não fiquei de fora =D
Quem quiser visitar o meu, é só acessar aqui o meu Twitter e acompanhar o que ando fazendo ^^
Confesso que minha foto está regassada!
Logo ele atualizará na versão português, pois a quantidade de brasileios vem aumentando muito no site.

Carro de Fumaça

Amanhã é dia do carro de fumaça que mata a dengue passar na rua.
Achei que esse negócio tinha sido proibido. Mas é muito fedorento!
Ele podia ser mandado bem em cima daquele velho aqui da rua para que ele respire e tenha um ataque...
Podia matar os pivetes da rua e envenenar alguns Paraíbas ¬¬

domingo, 12 de abril de 2009

Diário de Viagem - 2º Dia

Acordei cedo, a terra estava molhada - chovou de madrugada. Eu e o Leo fomos a padaria. O chão estava cheio de barro e os donos criavam cachorros no local! Fingi que não vi a cena do dono-padeiro-proprietário carregando o cachorro. Pedimos salame, mas eles não tinham fatiador. Percebemos isso quando a filha do dono-padeiro-proprietário sumiu com o salame dentro do quartinho e demorou para trazer a "peça-pedaço" (100g por R$1,00).
Depois do café, andamos pela estrada a caminho da Cenibra para meu celular dar um sinal de vida, porém sem sucesso! Começou a chover. A chuva inundou a idéia de ir até a cachoeira e de dar vida ao meu celular, mas deu oportunidade de pensarmos em furtos de abacate e banana na beira da estrada!
Chegamos em casa novamente e fui deitar e escutar meu MP4 - a merda descarregou rapidamente! continuei deitado e acabei cochilando.
Acordei com o cheiro do churrasco e levantei morrendo de fome. Ao aparecer na porta a mãe da Aliny fala que eu só sei dormir. "Velha safada!" - pensei.
Abstrai o comentario e fui preparar meu prato. Quando estava comendo me deparei com uma cena: os meninos com uma cabra usando uma especie de coleira no pescoço. Achei um absurdo! Coitada, a cabra sendo usada como cachorro foi um ato deprimente...
Após o almoço fui deitar novamente. Era minha única opção, uma vez que não queria deixar herdeiros naquela terra =D
Quando acordei, fui ao Bar - e Lanchonete - da Sofia, mas não servi e não atendi ninguém. Não ficamos por muito tempo e fomos andar no centro da cidade. Já angustiante, voltamos para casa para tomar banho e ir para Ipatinga ter contato com a civilização.
Dito e feito! Fomos para a casa da vó paterna da Aliny, muito educada por sinal. Aproveitei e fui fazer contatos com o povo.
Já se passava das 22:00 e fomos a uma sorveteria que vende um angú a baiana de frango que é MARA! Muita gente bonita andava por lá...
Na hora de voltar... o pneu estoura bem em frente a Cenibra! O Leo trocou sozinho, porque eu não queria me sujar sendo que já tinha tomado banho.
Com pneu novo, voltamos ao Bar - e Lanchonete - que já estava com as portas semi-fechadas. Terminamos de fechar e ficamos vendo a seresta chinfrim que estava tendo na praça.
Finalmente fomos dormir aprox. 01:30.
Próximo - e último - capítulo: a despedida.

Diário de Viagem - 1º Dia

Mas antes de começar: Não tenho fotos!
Fiquei revoltado, mas minha câmera estava emprestada.

Tudo começou de madrugada no MSN com meu primo. Ele avisou que iria viajar e eu me convidei para ir junto com ele, pois eu estava de FOLGA.
Dormi em poucas horas, porque 04:30 já tinha que levantar para arrumar e sair bem cedo.
Pegamos estrada as 05:30, fizemos umá rápida parada para tomar café. Comprei um salgado de bacalhau que desceu a seco e forçado. Ô coisa ruim!
Chegamos somente as 10:30 em Belo Oriente. Fomos recebidos com uma placa da prefeitura com a seguinte frase: "Onde tem lixo tem bicho". Adoramos o slogan, que virou alvo de piadas internas =D
A maldita da Oi não pega na cidade. Fiquei incomunicavel! E o calor, gente que calor faz naquele lugar!
Ficamos em Cachoeira Escura - um bairro que surgiu após a invasão do terreno de BO -. A quantidade de crianças no local são absurdas! Dizem que a maioria foram fabricados após 72h que ficou sem energia na região (não foi culpa minha, juro!). A quantidade de piriguetes que te comem com o olho também é demais! Nenhuma bonita, todas feias usando perfumes baratos de puta.
Automoveis não são muito bem-vindos nessa cidade... A maioria do povo andava de bicicleta! Grande parte delas caindo aos pedaços!
Fomos ao Bar - e Lanchonete - da mãe da Aliny, para conhecer. Enquanto ela cuidava de alguns bêbados, fomos visitar o Rio Doce que estava a alguns minutos dali. Tenho uma foto antiga da primeira vez que o visitei:
Bruno, Aliny e Leo

Voltamos ao Bar - e Lanchonete - que estava com poucas pessoas. Achamos que em plena Sexta-Feira da Paixão não iria bombar muito, mas a mãe da Aliny continuou lá. Fomos para casa tomar banho. Banho na casa dos outros tem que ser rápido! Algo que não consegui, devido um probleminha técnico na torneira do chuveiro que bichou logo comigo! Eu não conseguia fechar a torneira de jeito maneria! Após a guerra, sai do banho - já suado devido ao calor e a briga com a torneira.
Recebemos uma ligação - claro que não no meu celular que estava morto uma hora dessas! - era a mãe da Aliny falando que o bar estava bombando igual o Gyga Byte (20 pessoas) e que era para irmos ajudar. Eu fui, dei uma olhada no povo feio e fui cochilar no carro. Acordei rapido com meu primo batendo na janela. Já era tarde, quase meia-noite, e fomos para casa.
Na hora de dormir ligamos o ventilador e nos entregamos aos pernilongos.

Folga merecida!

Estava de folga e fui para Ipatinga/Belo Oriente descançar um pouco.
Foram 3 dias ótimos e, é claro, fiz um diário de viagem.
Finalmente a maldita A&C está me reembolsando devido a canseira e fadiga que eles me causam.
Já sou Super, mas ainda falta o Churrasco e a Táboa da empresa!

Expressões que escutei nos últimos 5 dias:
- Macarrão a Baronesa: O que levaria nessa receita?!
- Médico sem CREA: Ah sim... e o engenheiro sem CRM!
- O coração batia a 170 por segundo: como assim, tão rápido!?
Por favor, né gente?!

domingo, 5 de abril de 2009

Bonsai Crescendo *-*

Meu bonsai já tem romã!
E eu que achei que ele não iria pra frente, superou!
Tá com varias coisinhas de flor!